Você entendeu direito o que é o MVP?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Muitas pessoas possuem uma visão errada de um MVP ou até mesmo nem sabem do que se trata. Para tanto precisamos voltar um pouco no processo, para entender o porque dessa importante ferramenta ser tão relevante assim, principalmente para quem está iniciando um negócio.

Antes de mais nada

Quando estamos construindo um negócio ou idealizando um produto, normalmente estamos visando uma causa social, ganhos financeiros, resolver um problema. Mas em qualquer situação temos que nos preocupar com a monetização e viabilidade do negócio. Mesmo sendo um produto com viés social, precisamos de capital para manter esse produto ativo.

Então, logo precisamos desde o início, pensar em fazer mais com menos dinheiro possível, claro que em fases posteriores podemos procurar investimento ou até mesmo conseguir financiamento com amigos, familiares ou crowdfunding. Para que dessa forma poder viabilizar o lançamento, contratar pessoal e abrir um escritório.

Mas é claro, tudo que queremos desde o início é saber se o negócio tem futuro ou não. Neste momento entramos com o papel do nosso MVP, mas afinal do que se trata o MVP?

O que é um MVP?

Em linguagem clara e objetiva é o que você pode resolver do problema do cliente imediatamente ou parte dele, ou seja, o Produto Mínimo Viável analisado ao pé da letra teremos:

PRODUTO: Logo não se trata de um protótipo que não resolva nada, muito menos um produto inacabado. É um produto que faz bem feito uma tarefa muito específica, onde aos poucos deve ser melhorado.

MÍNIMO: Que se refere a uma parte de um problema maior e isso significa dizer: o que podemos resolver agora e podemos entregar valor para nosso cliente?

VIÁVEL: Aqui vem o grande ponto que muitas vezes é desconsiderado nesta fase. Devemos entregar um produto que resolva parte do problema de muitos clientes e que se possível seja rentável, ou seja, as pessoas pagariam por isso?

Viável também pode significar do ponto vista de esforço técnico para ser desenvolvido. É óbvio que nem todos os negócios conseguem gerar lucro ou receita já no seu início, então neste ponto, se você conseguir um time ou por esforço próprio implementar um MVP bem executado, você terá grandes chances de rentabilizar e evoluir seu produto a partir de receitas próprias.

Como devo construir meu MVP?

Seu MVP pode possuir algumas finalidades diferentes, como rentabilizar o negócio, validar um conceito, obter feedback dos clientes, testar a viabilidade e aceitação no mercado, nestes casos ele pode ser até um protótipo mais próximo da realidade.

Basicamente um bom MVP precisa ter uma base clara do que precisamos construir, para quem precisamos projetar e como devemos resolver o problema específico (a dor do cliente).

Para ajudar nesses aspectos existem várias ferramentas do SCRUM e Design Sprint, uma delas é o 5W1H, com ela é possível ter uma visão clara inicial do seu produto. Outra ferramenta para tal finalidade é o UX Canvas que visa validar se uma determinada funcionalidade atende os requisitos dos usuários bem como aspectos do Marketing, UX e Tecnologia. Uma alternativa simplificada também seria o Canvas de Proposta de Valor, pretendo futuramente falar de cada uma dessas ferramentas.

O MVP deve ser construído com as melhores tecnologias do mercado? Não necessariamente, você precisa de uma ferramenta a qual possa dominar e que atenda suas necessidades, quando perceber que está com problemas para escalar o negócio ou levando muito tempo para criar novas features é hora de repensar sua arquitetura e tecnologias e chamar um esquadrão tecnológico de programadores e UX Designers.

Pretendo em artigos futuros trazer textos mais práticos sobre essas ferramentas, permitindo com que você consiga utilizar essas técnicas na elaboração de suas estratégias. Claro que é sempre bom contar com o apoio de um profissional, mas é interessante que você tenha essa iniciativa, até mesmo para poder se inserir no movimento ágil de desenvolvimento de soluções, e entender por conta própria o melhor momento onde um profissional pode fazer a diferença para seu negócio.